Google+ Followers

22 agosto 2014

EU CREIO... POIS SE NÃO FOSSE ELE... SUCUMBIRIA!


Eu creio...
Creio no Deus do Impossível,
pois se não fosse por Ele
já teria caído nas trevas
há muito tempo...
Ele tem dado provas
muito difíceis e junto a Ele, tenho
tentado chegar ao meu equilíbrio
para conseguir seguir em frente...
Descobri uma fé em mim, que achava
impossível.
Me chamam de forte, de guerreira...
Mas sabe?
Eu queria mesmo ser tudo isso!
Eu queria ser essa fortaleza toda que todo 
mundo fala, mas só meu rosto sabe as lágrimas 
que tenho derramado, escondido para suportar
a solidão que essas perdas me fizeram!
Aprendi a não discutir as ordens Dele.
Mesmo que com isso meu coração seja dilacerado
pela dor...
Ainda tenho missões duras pela frente!
Missões que serão amparadas por Ele.
Ainda preciso vencer o amargor de um coração que 
precisa aprender a perdoar uma pessoa,
que um dia foi-me muito cara...
Ainda tenho que trazer para a luz um ser que 
ficou muito tempo esquecido.
Ainda tenho que vencer obstáculos que 
muitos achariam intransponíveis... mas
que precisam ser concluídos.
Eu creio que esse Deus do impossível sempre estará ao meu lado.
Me ensinando, me amparando, me consolando...
Conto também com o amor de sua Mãe!
Vivo um dia de cada vez, um passo por dia.
sem pensar no futuro e tentando esquecer o passado.
E àqueles que me chamam de forte e de guerreira,
verão o meu crescimento espiritual...
Com humildade e sem orgulho;
Com bondade e com caridade...
Sempre em Favor de meu Próximo!

by Mylla Galvão

Esta poesia faz parte da blogagem "Delicadezas de Deus" - aqui

 aqui