29 novembro 2009

SALVE KARDEC !!!


Sobre a Terra de sombra e amargura
A treva espessa e triste se fizera.
A Ciência e a Fé nas asas da quimera
Mais se afundavam pela noite escura.

A alma humana de então se desespera,
E eis que das luzes místicas da altura
Desce outra luz confortadora e pura,
De que o mundo infeliz se achava a espera.

E Kardec recebe-a, sobre o abismo
Espalhando as lições do Espiritismo,
Em claridades de consolação.

Emissário de Luz e de Verdade
Entrega ao coração da Humanidade
A Doutrina de Amor e Redenção.

CASIMIRO CUNHA


Médium: Xico Xavier
Do livro: "Doutrina e Vida" - Ed. CEU

26 novembro 2009

SUICÍDIO


Suicídio, não pense nisso
Nem mesmo por brincadeira...
Um ato desses resulta
Na dor de uma vida inteira.

Por paixão, Quim afogou-se
Num poço em Guararema.
Renasceu em provação
Atolado de efisema.

Matou-se com tiro certo
A menina Dilermanda.
Voltou em corpo doente,
Não fala, não vê e não anda.

Pôs fogo nas próprias vestes
Dona Cesária da Estiva...
Está de novo na Terra
Num corpo que é chaga viva.

Suicidou-se à formicida
Maricota da Trindade...
Voltou... Mas morreu de câncer
Aos quatro meses de idade.

Enforcou-se o Columbano
Para mostrar rebeldia...
De volta, trouxe a doença
Chamada paraplegia*.

Queimou-se com gasolina
Dona Lila Dagele.
Noutro corpo sofre sarna
lembrando fogo na pele.

Tolera com paciência
Qualquer problema ou pesar;
Não adianta morrer,
Adianta é se melhorar.

CORNÉLIO LOPES

Médium: Francisco Cândido Xavier
Livro: ASTRONAUTAS DO ALÉM - Ed. GEEM


*Paraplegia: resultado de lesão medular. É a impossibilidade de locomoção do membros inferiores (pernas).

24 novembro 2009

DE ALMA PARA ALMA


Escuta, alma querida! Ante as perturbações e os impeços da vida,
Onde não possas ajudar a dissipar a treva e extinguir o pesar,
Nada fales, em vão... Uma palavra, as vezes, tão somente,
Na moldura de um gesto irreverente,
Basta para espancar o coração.
Se anotas sombra e dor, por onde jornadeias
Dá consolo e respeito às aflições alheias...
Tempo vai, tempo vem...

E assim como o carvão se faz diamante puro,
Na forja do destino, em louvor ao futuro,
Todo o mal se converte em coluna do bem.
Usa o verbo, esparzindo novas luzes,
Não condenes, não firas, não acuses!...

Onde enxergares pedra, lodo e espinho,
Cobre de paz e amor as lutas do caminho.
Lembremos nossos erros, teus e meus!...
Todos sofremos provas, alma boa,
Trabalha, serve, ajuda, ama e abençoa
E encontrarás contigo a presença de Deus.

Pelo Espírito Maria Dolores.

21 novembro 2009

TODAS AS VIDAS!


Vive dentro de mim
uma cabocla velha
de mau-olhado,
acocorada ao pé
do borralho,
olhando para o fogo.
Benze quebranto.
Bota feitiço...
Ogum. Orixá.
Macumba, terreiro.
Ogã, pai-de-santo...
Vive dentro de mim
a lavadeira
do Rio Vermelho.
Seu cheiro gostoso
d'água e sabão.
Rodilha de pano.
Trouxa de roupa,
pedra de anil.
Sua coroa verde
de São-caetano.
Vive dentro de mim
a mulher cozinheira.
Pimenta e cebola.
Quitute bem feito.
Panela de barro.
Taipa de lenha.
Cozinha antiga
toda pretinha.
Bem cacheada de picumã.
Pedra pontuda.
Cumbuco de coco.
Pisando alho-sal.
Vive dentro de mim
a mulher do povo.
Bem proletária.
Bem linguaruda,
desabusada,
sem preconceitos,
de casca-grossa,
de chinelinha,
e filharada.
Vive dentro de mim
a mulher roceira.
-Enxerto de terra,
Trabalhadeira.
Madrugadeira.
Analfabeta.
De pé no chão.
Bem parideira.
Bem criadeira.
Seus doze filhos,
Seus vinte netos.
Vive dentro de mim
a mulher da vida.
Minha irmãzinha...
tão desprezada,
tão murmurada...
Fingindo ser alegre
seu triste fado.
Todas as vidas
dentro de mim:
Na minha vida -
a vida mera
das obscuras!

Cora Coralina


Fonte: www.vilaboadegoias.com.br/cora_coralina/index.htm

ESTE POEMA DA CORA CORALINA DEDICO A NADE, PELA PASSAGEM DE SEU ANIVERSÁRIO, AMANHÃ 23/11... SEU BLOG É O ORGULHO DE SER!!!

17 novembro 2009

SINTONIA


NEGRO...
A cor de seus olhos,
o tom da sua pele...
VERMELHO...
A cor do sangue,
minha cor preferida,
O meu coração,
O seu coração...
Juntos...
Numa mesma sintonia...
Num mesmo
Ritmo...
Compasso...
O NEGRO E O BRANCO...
mesclando-se em um
único ser,
o AMOR...


by Mylla Galvão

15 novembro 2009

CORAÇÃO VAZIO


No meu coração há um vazio...
Sinto falta dos meus sonhos
dentro dele...
Restaram apenas,
lágrimas amargas,
com gosto de solidão...

Saí à rua cheia de sonhos
e voltei com desilusões...
O VAZIO... Um permanente VAZIO...

Nada de sonhos,
Nada de alegrias...
Apenas a solidão dentro do coração
Apenas um imenso VAZIO!!!

by Mylla Galvão

13 novembro 2009

UMA TAÇA DE VINHO


Uma taça de vinho tinto
tinto como o sangue...
Como minha taça de
sonhos que se quebrou...

Sorvo o vinho,
como sorvo meus sonhos
para dentro de mim...

Sinto o gosto e o cheiro das uvas,
Como eu senti,
O cheiro e o gosto da felicidade...

Um "bolo" se forma dentro de mim...
Tento afogar meus sonhos,
mas eles teimam em boiar...
dentro da taça...

Quando sorvo o restante do vinho,
dentro dela resta apenas uma gota...
E foi isso que restou de meus sonhos:
APENAS UMA GOTA!!!

by Mylla Galvão

11 novembro 2009

NA CONTRA-MÃO


Na contra-mão eu ando,
prá não ser igual a todo mundo...
Não quero destaque,
Não quero fama.
Apenas quero ser
eu mesma...
Quero a felicidade,
a mim reservada...
Quero ajudar as pessoas
a encontrarem a si mesmas...
Eu ando na contra-mão
porque não gosto de regras,
porque nunca fui "certinha"...
As minhas regras,
sou eu quem faço!!!
Quebro-as de vez em quando,
porque as pessoas mudam
Mas quem não quebra regras?
Andar no meio da multidão
e nunca ser você mesmo,
é apenas seguir o mesmo
caminho que todo mundo!
Que graça há nisso?
Andar na contra-mão,
não seguir regras,
não ser "certinha",
e também não se destacar
no meio da multidão... é
ser humilde,
ser correto,
e não esperar recompensa nenhuma...
Apenas ande e seja
VOCÊ MESMO!!!


by Mylla Galvão


10 novembro 2009

QUADRILHA



João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para os Estados Unidos, Teresa para o convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto Fernandes
que não tinha entrado na história.

Carlos Drummond de Andrade

Fonte: www.fabiorocha.com.br/drummond.htm

09 novembro 2009


Oh Meu Mengão Eu Gosto De Você


Oh Meu Mengão
Eu gosto de você
Quero cantar ao mundo inteiro
A alegria de ser Rubro-Negro

Conte comigo Mengão
Acima de tudo Rubro-Negro
Conte comigo Mengão
Acima de tudo Rubro-Negro

Oh Meu Mengão
Eu gosto de você
Quero cantar ao mundo inteiro
A alegria de ser Rubro-Negro

Conte comigo Mengão
Acima de tudo Rubro-Negro
Conte comigo Mengão
Acima de tudo Rubro-Negro



Fonte: www.letras.terra.com.br

07 novembro 2009

SER FLAMENGO


Ser Flamengo é ser humano e ser inteiro e forte na capacidade de querer. É ter certezas, vontade, garra e disposição. É paixão com alegria, alma com fome de gol e vontade com definição.
É ser forte como o que é rubro e negro como o que é total. Forte e total, crescer em luta, peleja, ânimo, e decisão.
Ser Flamengo é deixar a tristeza para depois da batalha e nela entrar por inteiro, alma de herói, cabeça de gênio militar e coração incendiado de guerreiro. É pronunciar com emoção as palavras flama, gana, garra, sou mais eu, ardor, vou, vida, sangue, seiva, agora, encarar, no peito, fé, vontade. Insolação.
Ser Flamengo é morder com vigor o pão da melhor paixão; é respirar fundo e não temer; é ter coração em compasso de multidão.
Ser Flamengo é ousar, é contrariar norma, é enfrentar todas as formas de poder com arte, criatividade e malemolência. É saber o momento da contramão, de pular o muro, de driblar o otário e de ser forte por ficar do lado do mais fraco. É poder tanto quanto querer. É querer tanto como saber; é enfrentar trovões ou hinos de amor com o olhar firme da convicção.
Ser Flamengo é enganar o guarda, é roubar o beijo. É bailar sempre para distrair o poder e dobrar a injustiça. É ir em frente onde os outros param, é derrubar barreiras onde os prudentes medram, é jamais se arrepender, exceto do que não faz. É comungar a humildade com o rei interno de cada um.
É crer, é ser, é vibrar. É vencer. É correr para; jamais correr de. É seiva, é salva; é vastidão. É frente, é franco, é forte, é furacão. É flor que quebra o muro, mão que faz o trabalho, povo que faz país.”

ARTUR DA TÁVOLA

Homenagem a Nação Rubro-Negra!!!

Fonte: www.blablagol.com.br/ser-flamengo

CAMPEÃO DA TAÇA GUANABARA 2011 INVICTO

05 novembro 2009

AS SEM RAZÕES DO AMOR




Eu te amo porque te amo.
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no elipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.

Carlos Drummond de Andrade



02 novembro 2009

PERDOAR SEMPRE!!!

Quero falar de uma pessoa
que me ajuda a sorrir na tristeza,
Me aquece o coração e
Me faz ver o mundo de um jeito diferente!

Me ensinou a amar o próximo,
A me reconciliar com os inimigos,
A não persegui-los...
Mas a perdoar sempre!

Mudou a minha vida
para um horizonte melhor...
Me ajudou a ver as misérias
de cada um, com um simples olhar!

Me ensinou a amar...
Um amor puro e sincero...
E a perdoar as faltas desse amor...

Essa "pessoa" é Deus!
Junto com seu filho Jesus de Nazaré,
aprendi o verdadeiro valor da VIDA!!!

by Mylla Galvão

E PENSAR QUE...

E pensar que um dia eu acreditei que era possível que você me aceitasse, não como mãe, pois que já tinhas uma... Talvez como amiga,...