29 abril 2010

LUZ E ALEGRIA


O coração incandescente, em meio a água fria e salgada de minhas lágrimas, solidificou a tristeza...
Pequenas porções de amarguras, despejaram-se de meus olhos, em busca de seu colo, em busca de carinho e amor...
Foi em vão... Encontrou apenas, gelo e traição...
Sua voz fria soou como uma faca a perfurar meu coração ferido...
Descobri tarde demais que sua tristeza é a minha tristeza...
Que a sua dor da alma,pode ser extirpada de si,
Basta você querer... Basta procurar a LUZ!!!
Um pouco de alegria é capaz de suavizar a mais profunda dor, de aquecer o mais frio coração...

by Mylla Galvão

27 abril 2010


Lá no fim do horizonte, vejo um bólido caindo...
E caindo ele toca no mar...
Escuto o seu chiado incandescente
ao tocar na fria água... Esse é o meu coração...

by Mylla Galvão

23 abril 2010

TRISTEZA NA ALMA


Meu mundo ruiu no instante
em que você, meu filho,
me apunhalou pelas costas...
E suas palavras duras, foram como lanças
pontiagudas cravadas no meu coração...
Nada do que eu fiz para você, esses anos todos,
valeu a pena... Foram apenas coisas materiais...
A minha alma está calada, ferida, machucada,
estrangulada...
Meu peito opresso, tenta verter as lágrimas
mas elas, teimam nele permanecer...
Em meu rosto seco, as lágrimas ficam retidas
nos olhos, sem rolarem... Apenas presas...
E as palavras ficam bailando em minha cabeça,
como facas quentes, a queimarem o dia inteiro,
a latejar...
A tristeza de minha alma é como um rio de fogo,
arde, queima e no entanto, permaneces preso a ela
para me mostrar o quão triste está o meu coração...
Há um vazio dentro de mim e sei que este vazio nunca mais será preenchido... Falta um pedaço de mim...

by Mylla Galvão

19 abril 2010

MELANCOLIA


Uma melancolia opressa no peito,
um sentimento de solidão,
apossou-se de mim agora...
Uma saudade doída...
Uma lágrima que se perde
pelo chão...
Logo são mais de mil, de
um milhão e copioso pranto,
se esvai o meu coração...
Não me perguntem o motivo e
nem a razão,
apenas deixem-me verter as lágrimas
que por hora me inundam os olhos...
A melancolia passa e as
lágrimas secam...
Mas a saudade doída...
Essa fica presa ao coração!

by Mylla Galvão

17 abril 2010

ROSAS...


Rosas...
Amarelas,
Azuis,
Vermelhas,
Rosas,
Brancas...
símbolos de amor...
da paixão que nos consome o coração...
Mas que também podem representar:
Amizade,
Tristezas,
Alegrias e
Despedidas...
Uma cama cheia de pétalas de rosas,
significa clima de paixão,
de amor concebido e consumado...
Uma rosa para a professora,
significa carinho...
Uma rosa para a mãe,
amor de filho...
Uma rosa sobre um caixão,
despedida dorida...
Rosas...
Muitas versões,
Muitos sentimentos...
O meu é o AMOR INCONDICIONAL!!!

by Mylla Galvão

Essas aí de cima ofereço para cada amigo que passa por aqui... Obrigado pelo carinho com meu bloguinho de Poesias... Minhas e de Outros...
Esta aqui foi a minha primeira postagem neste blog e dá nome a ele!
Hoje ele está fazendo 9 meses de idade... Bom FDS para vocês...

14 abril 2010

NOSSA VIDA: ALTOS E BAIXOS


Nossa vida assemelha-se às ondas do mar,
Vão e vem...
Uma hora estamos bem e
noutra mal...
Momentos agradáveis e
desagradáveis...
Felicidade e
tristeza...
Sentimentos antagônicos,
num constante torvelinho
de emoções...
A roda da vida, girando...
girando... e nos ensinando
a VIVER...

by Mylla Galvão

12 abril 2010

EFEMERIDADES...


Efemeridades... o que são?
Pequenos momentos de nossa vida,
que duram apenas alguns segundos...
alguns minutos... mas que são para toda a vida...
Esse fim de semana foi de efemeridades,
Sua respiração na minha...
seu cheiro em meu corpo...
As estrelas brilhando ao nosso redor,
Nossas bocas se unindo num beijo devorador...
Minhas efemeridades,
Nossos momentos...
eu e você...

by Mylla Galvão

10 abril 2010

PODERIA SER MAIS FELIZ?


Poderia ser mais feliz?
Tenho um filho lindo,
Um homem que me ama...
Que me aceita do jeito que eu sou...

Poderia ser mais feliz?
Tenho amigos verdadeiros ao meu redor,
Uma irmã que me adora,
sobrinhos lindos...

A felicidade é efêmera,
Mas são esses pequenos momentos
de minha vida que me fazem felizes...

by Mylla Galvão

08 abril 2010

NUVENS


Nuvens são como flocos de neve
que vagueiam pelo céu ao
sabor do vento...
Elas procuram pelo vento frio,
Como eu procurava por você...
Hoje a procura cessou. O tenho ao meu lado...
Mas um dia... eu procurei por você
e não o encontrei...
Vaguei pelo céu, pelas lua, pelas estrelas e
voltei de mãos vazias...
Quando viajei de novo ao sabor das
nuvens, encontrei-te triste e cabisbaixo...
E juntos construímos este amor lindo.
Entre nós há um amor forte e sobretudo
muito RESPEITO...

TE AMO!!!

by Mylla Galvão


06 abril 2010

O BEIJO


Sinta o toque dos meus lábios
nos seus...
sinta a maciez de minha língua
na sua...
Em pequenos voleios, enrosco a minha
língua na sua e exploro sua boca,
como você explora a minha...

Sinta minha boca devorar a sua, numa
sofreguidão desesperada...
Sinta o mordiscar de meus lábios sobre os seus...
E num átmo, você também me devora...

Esse beijo se aprofunda, nossas mãos criam
coragem e ambos nos seduzimos...
Explorações... Explosões...
Isso em apenas um beijo...

by Mylla Galvão



04 abril 2010

DIAS...


Dias que passam...
indefinidamente... depressa demais...
lentos em demasia,
ruins por demais e
outros tantos...
bons demais.
Esses eu queria poder
retê-los...
E tentar copiá-los.
item por item,
em todos os sentidos.
Mas...
Se a rotina aparecer por aqui,
Não vou gostar, porque detesto a
mesmice... E os dias sempre iguais
me enervam...
Dias...
Os ruins, queremos esquecê-los...
E os bons... Gostaríamos de repeti-los
até a exaustão...
Bom mesmo é seguir o curso da vida
onde nenhum dia é igual ao outro...
E seguir sempre em frente
procurando por dias melhores e fazendo com esses
dias nunca fiquem no esquecimento, pois esses
são os dias de nossa vida...
Dias melhores!!!

by Mylla Galvão

02 abril 2010

ORAÇÃO DA PAZ - SÃO FRANCISCO DE ASSIS



Senhor! Fazei de mim um instrumento da vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, fazei que eu procure mais:
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe.
É perdoando que se é perdoado.
E é morrendo que se vive para a vida eterna.

Que Jesus Crucificado possa levar a Paz a cada coração sofrido, pelas mágoas, pela infelicidade e por tantas atitudes ruins das pessoas...

01 abril 2010

BORBOLETAS


Borboletas que pousam
aqui e acolá,
vem saudar as flores e
trazer o amor...

Eu sou como as flores
em um dia de sol,
Me abro inteira para
receber seu amor...

Me produzo, para te seduzir...
E seduzinto-te me abro
lânguida, como as asas
de uma borboleta...

Mostro minhas cores ao mundo,
cores irradiadas pelo amor...
Beijo suas pétalas,
como as borboletas beijam as flores

Mas fico, permaneço ao seu lado,
Não vicejo aqui e acolá...
Porque seu amor me prende a você...

by Mylla Galvão

E PENSAR QUE...

E pensar que um dia eu acreditei que era possível que você me aceitasse, não como mãe, pois que já tinhas uma... Talvez como amiga,...