29 janeiro 2011

A FUGA

Tentei fugir e não consegui,
Tentei esconder e veio a tona
Tentei viver e não sobrevivi
Tentei lutar e perdi,
Tentei me limpar e
suja me senti...
Tentei esquecer mas não consegui!
Seus olhos obscenos
suas palavras sujas, ecoam em meus ouvidos
e até hoje sinto seu hálito podre...
Quanto mais eu lutava, mais me feria
e suas mãos como garras me prendiam
e tanto me pressionastes que finalmente
conseguistes o que viera buscar...
E eu, sentada ali nua,
apenas chorava...
suja, imunda...
Em meu rosto
apenas o medo me atormentava...
e me cegava...
Tanto tempo esquecido...
e agora tudo retorna, 
apenas para me ferir a alma...
E o medo retornou ao meu coração...
O que fazer?

by Mylla Galvão

25 janeiro 2011

VIDA QUE PASSA...

Vida que passa pela 
rua da amargura,
pergunte pela moça bonita
onde foi parar o cara do varal?
Vida que passa pelas 
páginas do livro tristonho,
pergunte para a poesia 
onde anda aquele poeta sonhador?
Vida que passa pelas
nuvens do céu,
pergunte ao sol
 onde anda a estrela da manhã?
by Mylla Galvão

22 janeiro 2011

PEQUENINO CORAÇÃO

Meu coração em frangalhos
ficou
ao deparar com aquela
carinha triste a me observar...
Olhava de um jeito triste,
como se seu coração estivesse 
partido, 
aquele pequenino coração...
O seu mundinho se foi...
e a pessoa mais especial
do mundo 
para ela, 
acabou na 
sarjeta da desilusão...
mergulhada numa 
poça de bebida com 
cheiro de podridão...
Posso dormir aqui com você?
Não quero voltar para casa...
by Mylla Galvão

20 janeiro 2011

AQUECENDO CORPOS

O sol que aquece nossos corpos,
é o mesmo que aquece o meu e o teu
coração...
O sol que aquece nossos calores,
nosso orgasmo de felicidade,
é aquele que brilha no céu!
by Mylla Galvão

16 janeiro 2011

MINHA VIDA... ESTRANHA SOLIDÃO!

Minha vida estacionou numa
estranha solidão,
tornou-se árida como um
deserto e plena como um oásis!
Ao mesmo tempo junto,
e ao mesmo tempo separado,
como uma estranha calmaria
prestes a romper num vulcão!
Estranha solidão essa 
que me acompanha,
O amor mora ao lado
e a tristeza logo ali!
No entanto, ela apenas vigia...
e basta uma brecha de agonia
para instalar-se árida e afoita,
dentro de mim...
by Mylla Galvão

14 janeiro 2011

SOLIDARIEDADE

Na tragédia da chuva, no monte de escombros
onde só há pedra e entulho
eu vejo não apenas dor,
mas Solidariedade,
amor, carinho...
Pessoas que perderam a família inteira,
parentes, amigos, vizinhos...
Ajudam a socorrer, salvar, 
dar uma palavra de apoio
Buscam com as mãos,
arrancar aquilo que 
caiu por cima e
para retirar 
embaixo...
vidas humanas, sobrevividas
pelo milagre de Deus!
by Mylla Galvão

11 janeiro 2011

AMOR MEU...

Amor meu,
vem pousar em meus lábios
vem beijar o meu rosto,
entreter-se em meus cabelos,
passear em meu corpo e
me fazer sua 
nos campos de flores
dos olhos teus!
by Mylla Galvão

08 janeiro 2011

CORAÇÃO MEU

Coração meu, que pulsa em meu peito,
já falei a ti que o amor é injusto
severo 
arrebatador
dorido
colorido
injusto
maravilhoso
dúbio
e mesmo assim,
insistes nele...
Coração meu, as minhas lágrimas
lavam a minha alma,
mas você bóia nele, como um
náufrago pedindo ajuda...
E és, resgatado no 
último minuto,
por um gesto de carinho,
por uma palavra meiga e
por um beijo de amor!
by Mylla Galvão

Bom fim de semana!

06 janeiro 2011

MAR DE LÁGRIMAS

Ando machucada por dentro
e as lágrimas estão sendo vertidas
para dentro e inundam meu coração...
Ando magoada com você
que não vê...
não enxerga...
o quanto és especial para mim
mas queres apenas atenção,
sexo...
Estou precisando de carinho.
de compreensão,
de palavras doces
ditas ao pé do ouvido...
Minhas lágrimas tem gosto amargo
da desilusão...
Eu ilusionei você
e agora percebo que tenho ao meu lado
um ser que me ama,
mas não dimensiona o tamanho desse amor,
apenas quer atenção, 
quando necessito de carinho...
Sinto um vazio na alma,
como se houvesse um buraco
aqui dentro e o 
coração boiasse num 
mar de lágrimas!

by Mylla Galvão

05 janeiro 2011

BLOG RETRÔ: ABENÇOADA CHUVA

Abençoada chuva,
que molha os campos ressequidos
que lava a alma das plantas,
que embebeda as flores primaveris...
Abençoada chuva,
que cai intermitente nos telhados
que lava ruas, praças e avenidas,
que molha a terra sedenta...
Abençoada chuva, 
que torna o ar úmido novamente
que afasta as doenças do ser humano,
que lava a alma empoeirada...
Abençoada chuva,
que lava os seres da Terra
que lava o velho e empoeirado
verde, dando-lhe uma nova roupagem...
by Mylla Galvão
Este texto faz parte da Blogagem Coletiva do Blog Um pouco de mim!

03 janeiro 2011

PAIXÃO

Da nossa paixão,
dos nossos suores
da nossa nudez...
vejo meus olhos e os teus
nublados pela paixão,
do nosso ritmo,
da nossa cadência
Apenas...
Uma explosão de paixão!

by Mylla Galvão

MÃES...#52SEMANASDEGRATIDÃO

O MUNDO QUERIA QUE AS MÃES FOSSEM ETERNAS, ETERNAS PARA AMAR, PARA CUIDAR, PARA PROTEGER SUAS CRIAS, SEUS FILHOS, MAS DEUS EM SUA I...