29 janeiro 2011

A FUGA

Tentei fugir e não consegui,
Tentei esconder e veio a tona
Tentei viver e não sobrevivi
Tentei lutar e perdi,
Tentei me limpar e
suja me senti...
Tentei esquecer mas não consegui!
Seus olhos obscenos
suas palavras sujas, ecoam em meus ouvidos
e até hoje sinto seu hálito podre...
Quanto mais eu lutava, mais me feria
e suas mãos como garras me prendiam
e tanto me pressionastes que finalmente
conseguistes o que viera buscar...
E eu, sentada ali nua,
apenas chorava...
suja, imunda...
Em meu rosto
apenas o medo me atormentava...
e me cegava...
Tanto tempo esquecido...
e agora tudo retorna, 
apenas para me ferir a alma...
E o medo retornou ao meu coração...
O que fazer?

by Mylla Galvão

E PENSAR QUE...

E pensar que um dia eu acreditei que era possível que você me aceitasse, não como mãe, pois que já tinhas uma... Talvez como amiga,...