16 janeiro 2011

MINHA VIDA... ESTRANHA SOLIDÃO!

Minha vida estacionou numa
estranha solidão,
tornou-se árida como um
deserto e plena como um oásis!
Ao mesmo tempo junto,
e ao mesmo tempo separado,
como uma estranha calmaria
prestes a romper num vulcão!
Estranha solidão essa 
que me acompanha,
O amor mora ao lado
e a tristeza logo ali!
No entanto, ela apenas vigia...
e basta uma brecha de agonia
para instalar-se árida e afoita,
dentro de mim...
by Mylla Galvão

#SAUDADES ETERNAS

Nunca soube que você se chamava Fernando... Pra mim, sempre foi "Beto"... O Beto do sorrisão...  O Beto das baladas n...