27 dezembro 2011

ANO NOVO COLORIDO



Eis que se aproxima o Ano Novo:
_ Estou chegando meu povo!
O que traz de bom meu amigo?
_ Trago os sonhos, as fantasias, os anseios
de um bilhão de almas!
 Só isso?
_ Achas pouco? Meu fardo é pesado!
Já lamurias? Nem bem aportastes?
_Não lamurio. Apenas aporto. Mas trago também as cores.
Cores? Que cores?
_ As cores pelas quais anseiam a humanidade!
_Azul, Amarelo, Vermelho, roxo, lilás... Cada um as apanhas, 
conforme suas necessidades e alegrias...
E as tristezas?                     
_ O que têm elas?
Não as trazes contigo? Só falastes em coisas boas até agora!
O mundo não é feito somente de coisas boas...
_ Meu amigo... O meu nome já indica: ANO NOVO!
No limiar da aurora, venho trazendo os sonhos e as fantasias de algo melhor, de um futuro alegre e próspero. As tristezas... Essas ocorrem dos erros, das quedas da humanidade!
Por isso sou longo... Por isso tenho 12 meses... Para dar a oportunidade àquele que caiu, de se levantar! Àquele que errou,
que conserte seus erros...
_ Sou generoso! As tristezas são do próprio ser humano... Eles as têm dentro de si... Têm de saber dominá-las para viver...
_ Por isso desejo a cada um ao final de um ano ruim... Um feliz ano NOVO...

By Mylla Galvão

23 dezembro 2011

NATAL


Natal...

Tempo de alegria para alguns...
tristezas para outros...
Para mim tinha um significado:
FAMÍLIA...
hj apenas mais uma data comum...
perdeu o significado...
Minha avó nasceu em 24 de dezembro,
E minha mãe faleceu nessa data.
Em meu coração restou apenas:
SAUDADE...

Como esse sorriso era doce...
como doce era seu colo, mãe...
saudades de seus afagos,
dos seus abraços,
dos seus beijos...
saudade da minha "pintinha"...
saudade da sua voz...
Apenas SAUDADES...

Este poema é dedicado à minha mãe:
Francisca Galvão Ramos

by Mylla Galvão

11 dezembro 2011

LUZ


Vejo uma caixa de fósforos 
em cima da mesa,
A cada um riscado,
um vislumbre de vida
passa diante de mim...
vejo coisas boas,
coisas ruins,
erros,
acertos...
Vejo minha família,
meus amigos,
também vejo 
meus inimigos...
as coisas ruins que eles fizeram 
pra mim, nesse ano que se finda...
Nos últimos fósforos da caixa,
vejo o meu futuro...
vejo luz nele...
luz para iluminar os meus...
luz para me dar força nessa caminhada,
luz para dar...
luz para compartilhar...
Apenas LUZ...

By Mylla Galvão

30 novembro 2011

CIDADE



Caminhando pela balaustrada,
vejo a cidade fluindo 
ao meu redor...
carros passando,
gente andando.
uns calmamente,
outros apressadamente.
Alguns sozinhos,
outros acompanhados...
De repente o sol filtra 
entre os prédios 
dardejando seus raios quentes,
e uma leve brisa farfalha 
as folhas das palmeiras
que margeiam a balaustrada...
sinto o vento frio no rosto,
como um cálido beijo
do tempo que
vejo fluindo na cidade.

by Mylla Galvão

18 novembro 2011

QUAL A DIFERENÇA ENTRE OBAMA E HITLER?


Branco,
amarelo,
verde, 
azul,
vermelho,
negro...
Todas são cores...
Aliás... o negro é considerado a junção de todas as cores
bom isso né?
Se o negro é a junção de todas as cores,
Porque tanto preconceito?
Porque tanta discriminação?
O sangue que corre nas veias de um negro 
não é vermelho, como o do branco?
Qual a diferença entre Obama e Hitler?
A não ser a cor da pele e a consciência de cada um?
A cor, minha gente, não muda o jeito de ser das pessoas...
A cor, é apenas uma cor...
O que faz as pessoas diferentes...
é a PERSONALIDADE, as IDEIAS...

MUDE VOCÊ TAMBÉM...

SEJA LIVRE...

DO PRECONCEITO...

by Mylla Galvão

14 novembro 2011

DIVAGAÇÃO


Minha mente divaga
sai de foco
e perambula por 
inóspitos caminhos 
caminhos tortuosos
caminhos inconscientes,
labirínticos
caminhos palmilhados
passo a passo 
ou
numa louca correria
Minha mente divaga
e escuto o professor ao longe
tenta passar um conhecimento,
massacrante, desinteressante...
O tempo está quente
A sala abafada
E o seminário torturante...
Lá fora o céu azul,
O sol escaldante, chamativo...
um banho revigorante,
um suco gelado...
E a minha mente que divaga 
por caminhos inóspitos...

By Mylla Galvão

O poema foi feito num sábado, na faculdade onde faço pós-graduação aos sábados...

02 novembro 2011

PERFUME DE AMOR


lençóis vermelhos 
sobre a cama...
e rosas, pétalas 
brancas a cobri-la.
de repente...
num repente relâmpago,
nos enroscamos nela...
no nosso amor,
no nosso suor
as pétalas e rosas 
grudam em nós...
nossa capa,
nosso perfume de amor...

by Mylla Galvão

21 outubro 2011

ANDANDO DEVAGAR...


Aprendendo a andar quando nasci,
eu percebi que quando mais você 
evolui, mais você quer ir depressa
ao seu destino.
Na adolescência, os jovens também
andam depressa... Porque a vida 
deles anda depressa demais...
Agora ando devagar,
conto meus passos,
reflito pelos caminhos
penso em tudo que ficou
para trás.
penso que andei depressa 
demais...
deixei pela estrada da vida,
obras inacabadas
e que vale a pena resgatar
essas obras e terminá-las
no que me resta da vida,
Agora eu posso mudar,
adequá-las ao meu 
modo de vida,
posso analisar, 
acrescentar.
Posso reinventar...
Andando devagar posso
saborear a minha maturidade
as delícias da vida,
e tudo aquilo que nunca 
enxerguei, andando depressa demais!

by Mylla Galvão 

13 outubro 2011

VENTO...


vento... 
que balança as folhas,
que encrespa o mar,
que sacode as casas,
que joga os cabelos
para cima e se transforma 
em vendaval.
vento...
que derruba árvores,
que destrói plantações,
que sacoleja a terra...
Apenas o vento
por testemunha e nada 
mais...
Coloca ao teus pés,
o meu mais puro amor...
oscula em teus lábios 
um beijo doce,
devora seu rosto,
fustiga nele todo meu amor...
vento...vento...vento...

by Mylla Galvão

06 outubro 2011

SORRISO GIRASSOL


Teu sorriso é como esse girassol,
radiante, palpitante,
uma "belezura" de se ver...
Me encantei por ele, como
me encantaria por um
raio de sol...
Sua gargalhada é borbulhante,
esfuziante, aconchegante...
Quero-te ao meu lado para 
sorrirmos juntos...
Como o girassol que se ondula
ao sabor dos raios de sol...

by Mylla Galvão

02 outubro 2011

SOLIDÃO


Quando fico triste, sinto a solidão
me abraçar, me consumir 
por dentro de novo...
Quando você briga comigo, eu sinto
ela retornar para dentro de mim,
para retomar o lugar 
que sempre foi dela
até você chegar e 
expulsá-la de
dentro de mim...
Quando suas palavras são duras e insanas,
A solidão volta...
Volta com força,
com garras afiadas e
me dilacera por dentro...
Vem para dentro de mim de novo,
expulse-a mais uma vez...
E fique por aqui, para que ela 
nunca mais retorne...
Porque as garras dela são dolorosas
demais, machucam demais...

Te amo!

by Mylla Galvão

23 setembro 2011

PRIMAVERA...


PRIMAVERA...


FLORES...

INSETOS...

FLORES...

ALEGRIA...


AMOR...


GIRASSÓIS QUE BRINDAM A 
CHEGADA DA PRIMAVERA!

by Mylla Galvão

18 setembro 2011

41


Meu aniversário!
sabedoria,
perdão,
amor,
carinho...
Deus,
Maria,
Família Sempre...
Minha Mãe...
Meu Pai...
Meu amor,
Meu filho,
Minhas filhas...
Meu gato,
Meus cães,

by Mylla Galvão

10 setembro 2011

SER CRIANÇA...


Um olhar inocente,
um sorriso ingênuo... talvez malicioso,
mas sobretudo inocente em sua plenitude...
Uma energia boa emana da criança,
uma energia pura, cheia de imaginação...
Um sorriso... Uma palavra...
Um gesto de carinho...
Tudo sem pretensão,
apenas pelo simples jeito de ser criança!

by Mylla Galvão

25 agosto 2011

CORAÇÃO...


coração... coração meu,
que estás acabrunhado
triste a matutar...
onde andarás?

by Mylla Galvão

21 agosto 2011

VENTO E SOL


vento gelado que castiga
meu coração quente...
vento gelado que corta
meus pensamentos impuros,
vento gelado que machuca 
meu coração ferido...
sol...
traga de volta 
a força de seus raios,
esquente meu coração
coloque meus pensamentos em ordem
aqueça meus olhos e aguce meus ouvidos
para escutar o chamado do meu amor
o chamado de seus lábios tentadores
o chamado de sua volúpia,
e de minha insensatez...
doce insensatez...
gelada como o vento e 
quente como o sol...

by Mylla Galvão

16 agosto 2011

LOUCA POR VOCÊ


A tua língua safada,
a tua boca molhada
o teu olhar pidão...
o meu coração pulsando,
os olhos faiscando
e o meu tesão latejando...

Você, meu amor, me faz ficar assim...

LOUCA POR VOCÊ!

by Mylla Galvão

11 agosto 2011

MEU PAI!!!


Pai,
sinto saudades imensas de você
dos nossos passeios
dos nossos segredos
de como você lia histórias 
para mim,
de como era meticuloso
ao limpar um gomo de 
mexerica, para depois degustá-lo
inteirinho com cara de "quero mais".
Do seu interesse genuíno pelos livros, 
seus bens preciosos

06 agosto 2011

AMOR E AMIZADE


Amor...
nasce da amizade,
do conforto mútuo
das palavras trocadas
do desejo de ser dois,
transformado em um...


Amizade,
amor que nasce do desejo
de compartilhar não apenas
as alegrias e tristezas,
mas também a vida!
seja ela virtual ou cara a cara...

Amor,
Amizade...

Sempre juntos...

E separados, pela vida!!!

by Mylla Galvão

31 julho 2011

GOSTO DE FLORES (HOMENAGEM)

gosto de flores...
do campo,
margaridas,
azuis, amarelas,
vermelhas, laranjas
Mas pela rosa, tenho predileção...
E seus espinhos?
sem seus espinhos ela não se defenderia...
Ela seria indefesa.
O que seria de nós sem nossas defesas?
Uma rosa sem espinhos...
Gosto das flores...
flores são alegrias,
momentos felizes...
E as flores sobre os caixões?
São as últimas lembranças 
que deixamos com quem se foi...

by Mylla Galvão


Esta poesia é para minha prima que partiu para sua pátria espiritual em 30/07/2011:
Maria Cristina Ramos
Siga em paz e que Deus lhe acompanhe!

25 julho 2011

ESTOU DE BODE...

hoje estou de bode...
de bode contra o preconceito,
de contra a ganância,
de bode contra o desamor...
de bode contra a intolerância,
de bode contra o ódio...
hoje...
estou de bode...

by Mylla Galvão

15 julho 2011

RUAS OUTONAIS


Caminho por ruas outonais,
vejo pessoas apressadas,
pessoas estranhas...
pessoas sonolentas...
pessoas tristes...
pessoas...
Procuro por felicidade,
amor,
companheirismo,
carinho,
amizade...
Vejo apenas semblantes compenetrados,
atarefados,
desgastados,
e de uma tristeza infinita,
como se não quisessem estar ali...
Como se procurassem respostas às suas dúvidas...
Como se procurassem a PAZ...

by Mylla Galvão

30 junho 2011

SINTO TEU PERFUME


Sinto teu perfume ao meu lado,
sinto teus dedos entrelaçarem 
em meus cabelos...
Sinto tua boca em meu pescoço.
Mas quando vens completar o
laço simbólico do beijo,
a imagem se desfaz 
em lento perfume...

by Mylla Galvão

26 junho 2011

PENSANDO EM TI


Pensando em ti,
minha emoção acende o sol na tarde mansa,
incendeia o horizonte sobre o mar,
deposita desejos na urna dos meus sonhos,
faz a minha alma suspirar ...
Antecipo uma alvorada de carinhos,
vislumbrando a noite escrita por nós dois;
os ponteiros dos relógios são caminhos
que prometem alegrias para depois ...
Não há tempo,
há somente o pensamento,
meu anseio tinge o céu,
 a imensidão ...
Eu pressinto que estás perto,
- mais que perto ! -
estás dentro do meu terno coração.

by Meliss

Fonte: 
Este texto faz parte da blogagem coletiva em homenagem a Meliss proposta pela amiga Márcia Morena, do blog Meus Pensamentos.

MÃES...#52SEMANASDEGRATIDÃO

O MUNDO QUERIA QUE AS MÃES FOSSEM ETERNAS, ETERNAS PARA AMAR, PARA CUIDAR, PARA PROTEGER SUAS CRIAS, SEUS FILHOS, MAS DEUS EM SUA I...