21 agosto 2011

VENTO E SOL


vento gelado que castiga
meu coração quente...
vento gelado que corta
meus pensamentos impuros,
vento gelado que machuca 
meu coração ferido...
sol...
traga de volta 
a força de seus raios,
esquente meu coração
coloque meus pensamentos em ordem
aqueça meus olhos e aguce meus ouvidos
para escutar o chamado do meu amor
o chamado de seus lábios tentadores
o chamado de sua volúpia,
e de minha insensatez...
doce insensatez...
gelada como o vento e 
quente como o sol...

by Mylla Galvão

#SAUDADES ETERNAS

Nunca soube que você se chamava Fernando... Pra mim, sempre foi "Beto"... O Beto do sorrisão...  O Beto das baladas n...