28 setembro 2010

ABENÇOADA CHUVA

Abençoada chuva,
que molha os campos ressequidos
que lava a alma das plantas,
que embebeda as flores primaveris...
Abençoada chuva,
que cai intermitente nos telhados
que lava ruas, praças e avenidas,
que molha a terra sedenta...
Abençoada chuva, 
que torna o ar úmido novamente
que afasta as doenças do ser humano,
que lava a alma empoeirada...
Abençoada chuva,
que lava os seres da Terra
que lava o velho e empoeirado
verde, dando-lhe uma nova roupagem...
by Mylla Galvão

Este poema é uma homenagem a 1ª chuva que caiu em muitos meses de seca aqui em Viçosa...

Obrigado meu Deus!

E PENSAR QUE...

E pensar que um dia eu acreditei que era possível que você me aceitasse, não como mãe, pois que já tinhas uma... Talvez como amiga,...