15 dezembro 2013

POR QUE NÃO?



As dúvidas trazem conflito interior, desequilíbrio
e perda da harmonia. Por que não a certeza?

A presença dos desejos permite a insatisfação, a
revolta, machucando o coração. Por que não o amor?

A insegurança trava vossos passos, torna-vos vacilantes, provocando grandes quedas. Por que não confiar?

A inércia perturba o funcionamento orgânico, atrofiando o desenvolvimento do espírito. Por que não a ação?

A conduta desvinculada dos ensinamentos do Cristo, tornam-vos maus, gerando insatisfação.
 Por que não segui-lo?

A perquirição vem do vazio em si mesmos. Por que não preenchermos com o bem as lacunas 
para encontrarmos com o tempo, as respostas?

O Caminhar no deserto provoca profundas miragens.
Caminhai entre flores.

As ilusões oferecem o brilho falso. 
Por que não a realidade?

Sozinho, encontrareis dificuldades. Cheguei-vos a nós.
Olhando para o chão encontrareis as pedras.
Olhai para o céu, enxergareis as estrelas.

Se oscilardes na hora do salto, caireis no abismo.
Dai-nos as mãos. Há muito esperamos por vós.

EMMANUEL

De coração à coração - Volume I



E PENSAR QUE...

E pensar que um dia eu acreditei que era possível que você me aceitasse, não como mãe, pois que já tinhas uma... Talvez como amiga,...