19 junho 2010

LÁGRIMAS

lágrimas...
elas correm pelo meu rosto,
como rios de dor...
rios que não alcançam nada...
não permanecem estanques,
porque o vazio que está em mim,
me apavora...
me consome,
estou lá no fundo do poço...
Dêem-me a mão,
preciso livrar das sombras escuras
que apoderaram de mim...
Levem-me para perto da LUZ,
porque preciso delas para viver...

by Mylla Galvão

#SAUDADES ETERNAS

Nunca soube que você se chamava Fernando... Pra mim, sempre foi "Beto"... O Beto do sorrisão...  O Beto das baladas n...