23 junho 2010

SAUDADE...

Saudade...
do meu tempo de criança em
que a  inocência era apenas 
uma flor presa num laço...
Saudade...
dos amigos verdadeiros,
dos que se foram pelas 
ondas da vida...
Saudade...
da amiga que mora longe,
do amigo que mora perto,
mas que o tempo não 
deixa esquecer...

Saudade...
da minha adolescência,
tão intensamente vivida,
e tão duramente abandonada...

E se no peito a saudade 
reina...
Soberana...
A pior saudade,
é a que deixa meu peito 
em frangalhos...
... saudade de você!
by Mylla Galvão

MÃES...#52SEMANASDEGRATIDÃO

O MUNDO QUERIA QUE AS MÃES FOSSEM ETERNAS, ETERNAS PARA AMAR, PARA CUIDAR, PARA PROTEGER SUAS CRIAS, SEUS FILHOS, MAS DEUS EM SUA I...